sexta-feira, 9 de outubro de 2015

A Família - Peça Teatral

TEATRO: A FAMÍLIA

Parte I
Iniciar com a música que envolva família

Narrador
Família...
Ah... família! Fundamento da continuidade na Terra, por isso o inimigo luta tanto contra ela...
Vamos lembrar da  família do seu Jairo. Uma família que foi abençoada por Deus.
Leitura Bíblica em forma de Jogral (4 pessoas )
Carla - Chegou um dos chefes da sinagoga, chamado Jairo e, logo que viu a Jesus, lançou-se-lhe aos pés.
Nathália- e lhe rogava com instância, dizendo:
Todas: Minha filhinha está nas últimas; rogo-te que venhas e lhe imponhas as mãos para que sare e viva.
Letícia:  Jesus foi com ele, e seguia-o uma grande multidão, que o apertava.
Jéssica:  Enquanto ele ainda falava, chegaram pessoas da casa do chefe da sinagoga, a quem disseram: 
Todas: A tua filha já morreu; por que ainda incomodas o Mestre?
Nathália:  O que percebendo Jesus, disse ao chefe da sinagoga:
Todas:Não temas, crê somente.
Jéssica:  E não permitiu que ninguém o acompanhasse, senão Pedro, Tiago, e João, irmão de Tiago.
Letícia:  Quando chegaram a casa do chefe da sinagoga, viu Jesus um alvoroço, e os que choravam e faziam grande pranto.
Carla:  E, entrando, disse-lhes:
Todas:  Por que fazeis alvoroço e chorais? A menina não morreu, mas dorme.
Jéssica:  E riam-se dele; porém ele, tendo feito sair a todos, tomou consigo o pai e a mãe da menina, e os que com ele vieram, e entrou onde a menina estava.
Carla:  E, tomando a mão da menina, disse-lhe:
Todas: Talita cumi,
Letícia: que, traduzido, é:
Todas:  Menina, a ti te digo, levanta-te.
Nathalia: Imediatamente a menina se levantou, e pôs-se a andar, pois tinha doze anos. E logo foram tomados de grande espanto.
Todas:  Então ordenou-lhes expressamente que ninguém o soubesse; e mandou que lhe dessem de comer.
(Congelar a imagem no telão)
Narrador
Tem dois aspectos que vale a pena ser destacado nessa situação de Jairo.
1.   Quando tudo parece perdido... Jairo corre desesperado aos pés de Jesus... Seu dinheiro, sua fama não iria conseguir fazer com que a filha fosse reintegrada à família. Ela estava morta. Somente Jesus poderia fazer a diferença  e assim Jesus é convidado para ir para a sua casa e restaurar aquela família, pois um dos membros havia morrido. Jesus entra naquela casa e põe para fora as influências externas. Não dá para operar um milagre em meio à incredulidade, em meio aquilo que atrapalha.
2.   Jesus manda alimentar a menina. O alimento é a necessidade básica e óbvia para a sobrevivência. Às vezes esquecemos do básico, que é o alimento em forma do carinho, do beijo, do contato, de uma ajudazinha nas lições de casa, de um apoio moral, de um conselho. Jesus é sábio e nos faz relembrar disso tudo.
Parte II
 música: Vem desfrutar do amor de Deus...
Narrador
Mas... e  se Jairo vivesse nos nossos dias? Como seria a família dele?

Este cenário deverá ter dois ambientes:  uma adolescente, digitando num notebook o seu blog e falando no microfone o que digita no blog e o outro ambiente de casa(mesa com toalhas, café da manhã,  depois escola/ aproveitar a mesma mesa sem café e toalhas e cadeira, depois hospital (maca)
Pâmela
Oie... sou a Taty... melhor amiga da Patty... a gente se dá hiper bem. Ela é filha única, como eu e aconteceu algo bem legal na família dela que eu gostaria de blogar... é tipo uma homenagem, falou??? Ei... Deixem seus comentários, ok?
Cena 1 (congelada)  - foto telão (opcional)
 Mesa de café da manhã familiar com Dr. Jacobs (Leandro), Dra. Jacobs (Karina) e Patty (Monique).
 Pamella
Você já ouviu falar em dr. Jayro Jacobs?  É claro que sim, né? é o pai da Patty. Ele é muito famoso em sua profissão como advogado. A mãe da Patty também é bem sucedida. Ela é designer gráfico e passa boa parte do seu tempo desenvolvendo projetos e participando de reuniões com  a alta cúpula de multinacionais. Bom... ambos trabalham bastante  e não falta nada na casa deles.  Ah... Eles frequentam a mesma igreja que eu, é aqui no bairro.  O Dr. Jayro, além de exercer seu cargo como advogado, também é presidente do grupo de homens da minha igreja. Ele viaja muito dando palestras e sempre que volta de suas viagens traz alguma para Patty. É cada presente melhor que o outro. Dia desses ela ganhou  um Palm Zire 72 com Câmera Digital 1.2 megapixels e  a semana retrasada um celular novinho em folha 200 tons diferentes. O pessoal da escola ficou roxinho de inveja. Inclusive eu... Aiii... se eu ganhasse uns presentes desses.

Cena 1 – descongela
 Dr. Jacobs (sério, com jornal na mão, sem olhar para a esposa ou filha): Hoje tenho uma reunião importante, por isso nem me liguem no escritório para não atrapalhar.
Patty (empolgada): Tirei 10 em Inglês hoje.
Dra. Jacobs (indiferente): Terminei com sucesso meu principal projeto do mês. Tenho uma apresentação para a diretoria hoje. Nem me esperem para jantar.
Dr. Jacobs: Também não chegarei no horário. (olha inquieto no relógio). O trabalho me chama (olha para Patty e pergunta) Precisa de dinheiro para o lanche na escola?
Patty: Na verdade não, mas...
Dr. Jacobs: Então até mais tarde.
Patty: Mãe, eu... eu....
Dra. Jacobs: Depois você fala, filha. Tenho que sair senão vou pegar “aquele” trânsito! (beija a filha “automaticamente” e sai).
Pamella
Eis o “x” da questão. É sempre assim. Os pais da Patty são tipo assim: “workaholics”. E o mais engraçado é que todo mundo gosta deles, eles se preocupam com tudo e com todos. Só que eu acho que eles não sabem lidar com a Patty direito. Ainda bem que tem a Tonica para desestressar....Ah! Esqueci de dizer, a Tonica é a super mega empregada da família Jacobs.

Cena 2 (congelada)  telão cena 2

Patty chateada na mesa, mexendo em alguma coisa, desconsolada... Tonica chegando...
 Descongela a cena e Tonica entra cantarolando, no maior alto astral.
 Tonica (Isabella): Buenos dias, mi hermosa chiquitita!
Patty: Que “Buenos dias” que nada!
Tonica: Que se pasa?
Patty: Acredita que nem minha mãe, nem meu pai lembraram que pelo menos “um” deles deveria me levar hoje para a escola? Ninguém merece...
Tonica: Madre de Dios! Que hacemos ahora?
Patty: Já mandei uma mensagem para o celular da Gaby.
Tonica: Entonces... Anima-te!
Patty (inconformada): Tive que tirar minha amiga do caminho dela porque ninguém dessa casa lembra que eu existo!
Entram as amigas “Patricinhas” de Patty: Gaby , Luana e Sabrina 
Juntas (em tom meloso): Oooiiii....
Patty: Nem acredito que vieram me salvar...
Juntas: Buenos dias, Tonica!
Tonica: Buenos dias!
Gaby: Você está pálida! Passe um batonzinho...
Sabrina olha para a Luana: Abra o seu arsenal e empreste algo para nossa amiga...
Luana (abre a bolsa e começa a tirar tudo o que tem até achar um estojo de maquiagem enorme): Muda essa cara... Assim você cansa a nossa beleza!!!
Gaby: Desse jeito você sai! Ajuda aqui, Tonica.
Tonica: Yo no puedo creer...
Juntas: Sombra, Brush, Baton!
 Colocar música animada de fundo enquanto as meninas arrumam a Patty e a Tonica separa o material dela.
 Luana: Pronto! Os meninos que se cuidem!
Patty: Estou bem melhor, agora!
Todas comemoram o resultado com gritinhos.
 Estão saindo, quando Patty vira para Tonica e diz:
Patty: Tonica, tirei 10 em inglês.
Tonica: Muy bien mi chiquita que me causa admiracion, !!!!
Pamella
E essa é a vida de Patty. Ah... vale lembrar que tem duas galerinhas trabalhando em prol da família. Uma galera legal, que tenta nos dar dicas de como sair das encrencas e outra galera bem mal, que tenta colocar a gente em encrenca. Quando a gente fica chateado com a vida, eles ficam rodeando a gente...
Cena 3 (congelada)
(ambiente de intervalo na escola) – Música de fundo.
As meninas conversando e rindo. Anjos rodeiam as meninas.
Anjos do bem: (Camila, Beatriz e Guilherme)
Anjos do mal: (Vitor, Lucas e Jussara)
Pamella
Quando a gente menos percebe, algumas coisas começam a acontecer...
Cena (Aproxima-se lentamente o garoto mais popular da escola)
Gaby: Olha só quem vem aí...
Luana: Vou sair fora, minha mãe sempre diz que ele não é boa companhia.
Sabrina: Vou também. Já ouvir falar dele e não sou fã das coisas que ouvi.
Patty: Eu não sei....
Anjos do bem: Não fica!
Anjos do mal: Fica!
Anjos do bem: Você vai perder aula!
Anjos do mal: Você vai se divertir!
Anjos do bem: Não fica!
Anjos do mal: Fica!
Gaby: Eu vou.... Eu vou..... ficar!
Amigas juntas: Ahhhhhhhhh......
Maurício: E aí, meninas?
As meninas saem “de fininho” deixando a Patty e o Maurício.
Maurício: Faz um tempão que quero falar com você.
Patty: Falando sério, não tô a fim de conversar, não me leve a mal...
Maurício: Calma, nem comecei a falar...
Patty: Tá, foi mal!
Maurício: Sei que você anda bem baixo astral. Tem uma parada que eu queria te mostrar.
Patty: Que parada?
Maurício: Você tem que vir comigo. Aceita?
Anjo do bem(Camila): Não!
Patty: Acho melhor não, vou perder aula...
Anjo do mal (Vitor): Sim!
Patty: Mas estou tão chateada... vai ser bom me distrair com você.
Anjos do bem: Não!
Anjos do mal: Sim!
Patty olha bem para Maurício e, juntos, saem de cena.
Pamella
Mas o que complicou mesmo foi quando a Patty comentou que não estava passando muito bem... os pais dela não ligaram muito não. Disseram que era o excesso de batatas e hambúrgueres e pediram para a Tonica controlar mais a sua alimentação.
Cena: Café da manhã em família
Patty: Tô mal...
Dra. Jacobs: Tonica!!! Você anda dando muita batata, hamburger, lanches, refrigerantes, e mais bobeiras para a Patty comer???
Tonica: Si, si pero no mucho!
Dra. Jacobs: A partir de hoje esse cardápio vai mudar! (olha para o relógio) Estou atrasada de novo! (e sai)
Dr. Jacobs (parando de ler o jornal): Meu cliente me espera!
Patty (se contorcendo): Pai... preciso de dinheiro pra... pro... lanche.
Dr. Jacobs: Não te dei no início da semana?
Patty: Acabou.
Dr. Jacobs abre a carteira, dá o dinheiro para a Patty e sai.
Tonica (acaricia os cabelos de Patty): Que se pasa ?
As amigas chegam e Patty sai para a escola
Pamella
Ninguém sabia o que a Patty tinha. Ela foi mudando... De repente, ficou quieta, abatida e não falava nada nem mesmo para as amigas! Achei aquilo estranho, mas pensei que era normal: frescurites de adolescentes... ou como dizem, aborrecentes.
A Patty chorou demais hoje na escola, dai falei para ela ir prum médico... mas não tinha ninguém para levá-la.
Cena: Patty passando mal, sendo socorrida por Tonica que chega desesperada.
A Tonica deu um jeito,  pegou um táxi e  levou-a ao médico da família  que fez uma série de exames. Acho que é colesterol. Vai ter que fazer uma dieta brava.
Cena: Amigas de Patty conversando no pátio
Gaby (pensativa): O que será que a Patty tem?
Sabrina: Concordo com a mãe dela, excesso de comida também faz mal.
Luana: Deixa eu contar uma coisa importantíssima pra vocês : minha unha quebrou na hora da prova de Matemática, acho que não consegui tirar uma boa nota...
Continuam conversando e rindo despreocupadamente, enquanto saem...
Pamella
A Patty não tava legal. Dizia que é tipo um aperto no coração. Ficou roxinha hoje durante a educação física.
Cena: Patty  sozinha, passando mal como se estivesse drogada. Resiste até desmaiar. É socorrida e levada para o hospital.
Pamella
A diretora ligou pro celular da mãe, que largou as reuniões importantes e a levou ao médico. Isso é incrível... Ela nunca faz isso... Pelo que entendi é meio grave a coisa. O pai que tava nos EUA voltou urgentemente de viagem e veio vê-la. Fazia tanto tempo que eles não ficavam juntos....
Cena: Família reunida, preocupada com Patty
Pamella
Só os três. Precisava de ver, até o dr. Jayro chorou. Ele é boa gente... mas às vezes parecia que ele nem ligava pra Patty. Ela era muito largadona.... Mas hoje eu percebi o  quanto eles a  amam.
O problema é que ela teve que ficar internada na UTI e as dores estão a cada dia pior, apesar de tantos medicamentos. To hiper triste. O seu Jayro fez campanha de oração lá  na igreja  e todos estão orando pela Patty e agora eles não saem de perto dela. Hoje eu vi os dois ajoelhadinhos, um perto do outro de mãos dadas orando com intensidade assim:
Cena: os pais ajoelhados ao pé da cama no hospital.
Dr. Jacobs e Dra. Jacobs:  Senhor Jesus! Clamamos a ti que resgate a vida da nossa filha. Pedimos perdão por termos sido tão negligentes. Pensamos mais em nós mesmos e esquecemos que somos uma família.  Queremos pedir que o Senhor faça um milagre na vida da nossa filhinha... Nós a amamos e lhe imploramos.... salve a Patty!  Em nome de Jesus amém.
Pamella
Uauuuu... Quando eles acabaram de orar,  foi o maior poder. A Patty me contou depois que sentiu um calorão em todo o seu corpo. Era como se Jesus estivesse ali, tocando-a.
Bom... Só sei de uma coisa ela disse que não sentiu mais nadica de nada de dor.
Precisava de ver como eles choravam. Eu fiquei só observando... afinal de contas, além da Gaby, Luana e Sabrina,  sou a melhor amiga, né? Noooossaaa... mas o mais legal, dahora mesmo foi a parte que eles se se abraçaram e se beijaram muiiito.
Resumindo. Minha melhor amiga Patty, foi milagrosamente curada por Jesus. Os médicos estão pasmos. Olha... Só sei que depois disso muita coisa mudou na vida da Patty.
Comenta aí gente...
(Patty no microfone)
Patty
Oie... Eu sou a Patty ... Valeu Taty. Mas... olha... aqui em casa, a gente passou a valorizar mais um ao outro. Fazemos mais coisas juntas... O pai e a mãe se organizaram lá no serviço deles e a gente tem procurado jantar juntos todos os dias e antes das refeições fazemos aquela oração gostosa, porque somos uma família.  Tem dia que to com dúvida nos deveres de casa e a mãe me da umas dicas de português, história e geografia e o pai me ajuda na matemática.  Tem final de semana que a gente vai pra praia, só curtir a praia, a família, a natureza... nada de celular, computador ou televisão. É muito legal. As tecnologias são importantes, mas é bom a gente desligar-se um pouquinho delas e fazer algo diferente sem elas. São coisas básicas que a gente esquece no decorrer da vida...mas é muito bom um abraço, um colo, um beijo e eu amo quanto meus pais fazem isso. Quer saber? A  minha família ficou muito mais bonita e gostosa, depois que Jesus nos visitou.
Thais 
Quer saber??? a  família de Jairo foi bendita, porque em sua casa teve a presença abençoada de Jesus, devolvendo a  vida e dando uns toquinhos  básicos para eles prosseguirem e continuar sendo uma big família. Só esse Deus mesmo para nos abençoar. Ele é muiiiiito grandeeee!!!!
última música - todos - grande é o SEnhor
Acrescentar... eu não me canso... de louvar-te por minha família